MERIDIANUM – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais
  • A Família Meridianum deseja a todos e todas Boas Férias e um 2021 mais leve!

    Publicado em 11/01/2021 às 11:01

    Nós, da família Meridianum, gostaríamos de agradecer a cada uma e a cada um de vocês que participou das nossas atividades; aos alunos e alunas que acreditaram na iniciativa de uma universidade para além de seus muros; nas/nos convidados que por aqui passaram, dividindo conosco seus conhecimentos e a cada um que nos segue pelas redes, mostrando que nos espaços virtuais e nas redes sociais é possível sim desenvolver e transmitir um conhecimento e conteúdo historiográfico de qualidade, crítico e de referência.

    Assim, diante de todo nosso trabalho por aqui, potencializado pelas incertezas causadas pelo contexto da pandemia e dos processos de adaptações que tivemos de enfrentar, nada mais merecido que um descanso completo não é mesmo?

    É por isso que a família Meridianum ficará afastada das redes e das postagens por um tempinho, para que todos nós (inclusive vocês) possamos recarregar nossas energias, avaliar as atividades realizadas em 2020 e planejar as atividades de 2021, que certamente serão melhores ainda.

    Além disso, estamos programando novos projetos com novas palestras, eventos e parcerias.

    Mas por hora, pretendemos ficar off e curtir o que a vida fora do digital tem a nos oferecer.

    Um abraço, e até logo pessoal!


  • MERIDIANUM ONLINE 2020

    Publicado em 14/09/2020 às 22:23

    De acordo com a última postagem, nós do MERIDIANUM cancelamos as atividades presenciais do ano de 2020. Contudo, escolhemos realizar atividades online, envolvendo debates descontraídos e acessíveis no Instagram e a produção de conteúdo para o YouTube. A ideia é uma troca de experiências entre a academia e o público geral. Dessa forma, as temáticas abordadas vão de temas contemporâneos à mitologias em Animes, e normalmente abordando pesquisas de integrantes do laboratório. Nos encontramos ás segundas-feiras em nosso perfil no Instagram e aos sábados em nosso canal do YouTube. Acompanhe em nossas redes sociais os dias e os horários das lives :]

    É com imenso prazer que convidamos todas e todos para acompanhar tais atividades, seguindo o perfil @meridianumufsc no Instagram e Meridianum UFSC no YouTube.

    Ressaltamos nossa preocupação com a atual situação do mundo, lembrando a todas e todos que é preciso cuidar de si e daqueles próximos de nós.

     

    REFERÊNCIAS

    Imagem retirada da postagem no twitter https://twitter.com/hiatusgames/status/1249784665537425409


  • Nota sobre a Pandemia de Coronavírus

    Publicado em 26/07/2020 às 15:00

    Prezadas e prezados,

    Nós, integrantes do laboratório de pesquisa Meridianum, estamos aqui para nos manifestar frente a pandemia de Covid-19. Em 26 de fevereiro de 2020, o primeiro caso de coronavírus, em território nacional, é atestado quando um homem de 61 anos foi diagnosticado com a doença após voltar da Itália para o Brasil. Desde então, a situação tem escalado a cada dia, e hoje nos encontramos com mais de 2 milhões de infectados e mais de 80 mil mortos.

    Esses números refletem tamanha negligência perante a situação pandêmica. Diante da irresponsabilidade frente ao distanciamento social e a quarentena, vemos a crescente curva de contágios aumentando exponencialmente entre a população, mas em especial para aqueles que se encontram em vulnerabilidade socioeconômica, como os povos indígenas e a população marginalizada.

    Na linha de frente para o combate contra a doença se encontram os profissionais de saúde, heróis que buscam a todo custo minimizar vítimas e, infelizmente, têm lidado com inúmeras famílias que estão perdendo seus parentes. Somam-se esforços também na área da pesquisa, visando o desenvolvimento de estudos que buscam tratamentos para os casos mais graves e a produção de vacinas. Hoje, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a vacina de Oxford como a mais adiantada no mundo e, também, a mais avançada em termos de desenvolvimento. Um dos centros que testa essa vacina é coordenado por uma brasileira, a cientista Daniela Ferreira, doutora pelo Instituto Butantan.

    Perante o quadro levantado, o laboratório suspendeu suas atividades presenciais por tempo indeterminado. Aproveitamos para salientar os cuidados propostos pelo Ministério da Saúde, como lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou a higienização com álcool em gel 70%; ao tossir ou espirrar cobrir o nariz e a boca com lenço ou a parte interna do cotovelo; evitar tocar os olhos, nariz, boca e a máscara de proteção facial com as mãos não higienizadas; manter uma distância mínima de 1 metro e meio entre pessoas em lugares públicos e de convívio social; evitar saídas desnecessárias nas ruas, estágios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas; e a utilização de máscaras em todos os ambientes.

    Para obter mais informações acesse o site do Ministério da Saúde, link https://coronavirus.saude.gov.br/ e qualquer dúvida entre em contato com a Secretaria de Saúde da sua cidade.

    Esperamos ver todas e todos saudáveis, seguros e em breve.

     


  • Encontros Meridianum XIX: Mística, Magia e Ciência: os sentidos da razão

    Publicado em 01/03/2020 às 10:17

    Cronograma dos Encontros Meridianum – Semestre 2020.1

    Tema: Mística, Magia e Ciência: os sentidos da razão

    ÁS QUINTAS-FEIRAS, A PARTIR DAS 14H

    Neste semestre, continuaremos com as discussões do semestre passado, visando, a curto prazo, o evento de maio 2020 (7 e 8/5), o VI Colóquio Meridianum – “Mística, Magia e Ciência: os sentidos da razão”, no qual haverá espaço para apresentação de trabalhos de discentes.

    Março

    12/03 – 1º Encontro – Esse encontro será dedicado à apresentação das pessoas presentes e à escolha dos demais textos a ser discutidos no semestre, através de sugestões trazidas pelos participantes. Também conversaremos sobre o nosso evento em maio e dividiremos comissões para a organização do mesmo.

    26/03 – 2º EncontroSETH, Sanjay. Razão ou Raciocínio? Clio ou Shiva?. História da Historiografia, n.11, abril 2013, pp. 173-189.

    Abril

    16/04 – 3º Encontro: LUPI, João. Filosofia e mística na Renânia medieval. Revista Brathair, vol. 19, n. 1, p. 131-141.

     

    30/04 – 4º Encontro: PERNOUD, Régine. Hildegard de Bingen. A consciência inspirada do século XII. Rio de Janeiro: Rocco, 1996, p. 7-43.

    Maio

    07/05 e 08/05 – 5º EncontroVI Colóquio Meridianum

    21/05 – 6º Encontro: SAIF, Liana. Magic in the Thirteenth Century: Albertus Magnus, Thomas Aquinas and Roger Bacon. In: ______. Arabic Influences on Early Modern Occult Philosofy. New York: Palgrave Macmillan, 2005, p. 70-94.

    Junho

    04/06 – 7º Encontro:

    18/06 – 8º Encontro

    Feriados 10/04; 1/5; 11 junho


  • Estudos Medievais XVIII- Mística, Magia e Ciência

    Publicado em 25/08/2019 às 13:21

     

    Cronograma Meridianum

    2º semestre 2019 – Mística, Ciência e Magia

    16/08 – Defesa de Tese: “Revelação Figural: alegoria e presença dos seres híbridos na Divina Comédia, de Dante Alighieri”, 8h30 manhã, Sala 10 do Departamento de História

    30/08O Castelo interior de Teresa de Ávila (5ª e 6ª Morada)

    13/09Filme Madalena (2018)

    27/09 – O Castelo interior de Teresa de Ávila (7ª Morada)

    4/10 –  Filme Her (2013)

    11/10 –  RIDER, Catherine. Magia e Religião na Inglaterra Medieval. São Paulo: Madras, 2014. (Introdução)

    25/10- SILVEIRA, Aline Dias. Dos Papiros Gregos de Magia ao Picatrix: mobilidades e confluências do saber na longa duração. In: FRIGHETTO,  Renan; SILVA, Gilvan Ventura da; GUIMARÃES, Marcella Lopes (orgs.). As mobilidades e suas formas na Antiguidade e na Idade Média. Vitória/ES: GM Editora, 2019. (Coleção Lux Antiquitatis)

    22/11 GOMES, SAUL ANTÓNIO. Livros de ciência em bibliotecas medievais portuguesas. Ágora. Estudos Clássicos em Debate, núm. 14.1, 2012, pp. 13-26.


  • Meridianum Apresenta Ciclo de Palestras – As Pensadoras

    Publicado em 29/07/2019 às 9:26

    EVENTO COORDENADO PELA PROFESSORA MARIANA PAOLOZZI (PPGFil/UFSC)


  • Estudos Medievais XVII- Mulheres de Saberes

    Publicado em 26/03/2019 às 13:03

    Estudos Medievais  XVII- Mulheres de Saberes

    Neste primeiro semestre de 2019, o Meridianum – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais – estudará fontes de escrita feminina, contextos e repercussões.

    Nossas convidadas à mesa são a escritora Christine de Pizan (1363-1430) e a doutora e mística Teresa de Ávila (1515-1582).

    Todas e todos da comunidade estão convidadxs para essas conversas que ocorrerão às sextas-feiras a cada 15 dias, na sala 312 do Bloco D do CFH.

    A seguir o cronograma:

    Cronograma Meridianum 2019.1 ( às 14 horas)

    29/03- As Cartas de Christine de Pizan [<< clique para acessar o texto]

    12/04 – As Cartas de Christine de Pizan  – Texto 2 [<< clique para acessar os textos]

    26/04 – As Cartas de Christine de PizanTexto 3: Sugestão de leitura da página 29 a 42.

    DE SOUSA, Sara Rodrigues. 1. A legitimação da figura autoral Christine; 1.1. A imposição de uma imagem de autora, IN: ______, A construção da autoridade na obra de Christine de Pizan. Universidade de Lisboa, Estudos Românicos, 2006, pp. 29-42.

    10/05 – O Castelo interior de Teresa de Ávila (1ª e 2ª Moradas)

    Obra em PDF: https://ocastelointerior.files.wordpress.com/2019/03/o-castelo-interior-santa-teresa-de-jesus-1c2aar-2.pdf

    24/05 – O Castelo interior de Teresa de Ávila (3ª e 4ª Moradas)

    31/05 – O Castelo interior de Teresa de Ávila (5ª e 6ª Morada)

    14/06 – O Castelo interior de Teresa de Ávila (7ª Morada) e encerramento.


  • História Global Ciclo de Palestras – Entre o Mediterrâneo e a Bacia do Níger: Trânsitos afro-muçulmanos, processos históricos e interações culturais: séculos XII-XVI.

    Publicado em 18/10/2018 às 13:41

    O Meridianum – Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais tem o prazer de divulgar a palestra do Prof. Dr. José Rivair Macedo (UFRGS), intitulada: “Entre o Mediterrâneo e a Bacia do Níger: Trânsitos afro-muçulmanos, processos históricos e interações culturais: séculos XII-XVI.

    DATA E HORA: 25-10-2018 – 14h00.
    LOCAL: Auditório Bloco E – CFH.

    Este evento faz parte do Ciclo de Palestras de História Global, apoiado e a realizado pelo Departamento de História e pelo Programa de Pós-Graduação em História da UFSC.

    Esperamos por você!


  • Nota de pesar do Meridianum sobre a tragédia no Museu Nacional

    Publicado em 03/09/2018 às 18:38

    No dia 02 de setembro de 2018 uma tragédia assolou o Museu Nacional, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro e sendo a mais antiga instituição cientifica do Brasil, que foi destruído por um incêndio.

    O Museu Nacional preservava 20 milhões de itens incluindo o maior acervo de artefatos egípcios da América Latina, com múmias egípcias intactas em seus sarcófagos; obras de arte; vasos gregos e o fóssil de Luzia, fóssil humano (Homo sapiens) mais antigo encontrado na América com mais de 11 mil anos. Esses artefatos sobreviveram durante milênios, mas não sobreviveram ao descaso que vêm se tendo com a universidade pública, com a cultura e à tentativa de sucateamento da ciência e tecnologia no país.

    No mesmo ano em que a CAPES anuncia situação de emergência e a possibilidade de cortes de bolsa em 2019, menos de três anos após um incêndio de grandes proporções ter atingido o Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, somos agora surpreendido com o incêndio do Museu Nacional! Esse incêndio não foi acidental, mas sim criminoso, causado pelos congelamentos de gastos com diversos setores de incalculável importância social e pela a falta de verbas para manutenção do Museu que há três anos recebia apenas 60% da verba necessária (que deveria ser de um total de R$ 550 mil anuais) e chegou ao ponto de fazer uma “vaquinha online” para arrecadar verbas.

    Esse congelamento de recursos afeta diretamente a cultura e a educação e se constitui como um projeto de sucateamento, um projeto de tirar de nós, Brasileiros(as), nossa possibilidade de produzir ciência e tecnologia, um projeto de destruir nossa história, formar um povo ignorante sobre seu passado e incapaz de protestar no presente e tomar as rédeas de construção do futuro.

    Com cada janela que caiu do Museu Nacional, com cada parede queimada, com cada coluna derrubada e com cada artefato destruído pelas chamas do fogo se desmoronou também um pedaço de cada um(a) de nós, se destruíram sonhos de pesquisas que não poderão ser concluídas e de outras que jamais se iniciarão.

    Colocamos-nos em luto e profunda tristeza por essa tragédia e desejamos que nossa história, nossa democracia e a universidade pública parem de ser destruídas a cada dia.


  • ESTUDOS MEDIEVAIS XVI: Pensar na Idade Média – 2018.2

    Publicado em 11/08/2018 às 16:10


    O Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais – Meridianum convida para as discussões dos Estudos Medievais XVI: Pensar na Idade Média.

    Neste semestre leremos e discutiremos capítulos selecionados do livro: Alain de Libera, Pensar na Idade Média. São Paulo: Editora 34, 1999. Você pode conferir a programação a seguir:

    DIAS: Quintas-feiras quinzenais.
    HORÁRIO: 14h-16h.

    16/08Cap. 2: Por que medievalistas?
    30/08 I Jornada do GEFEM – É possível estudar gênero na longa duração?
    13/09Cap. 3: O “Ocidente Cristão”
    27/09Cap. 4: A herança Esquecida
    11/10Cap. 5: Filósofos e Intelectuais
    25/10Lançamento de livro – Em breve maiores informações.
    08/11Cap. 6. Sexo e Ócio
    22/11Cap. 7: Os Filósofos e os Astros
    06/12Cap. 8: A Experiência do Pensamento

    Contamos com a sua presença!